segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Carta de uma criança à seus pais...





1. Não me mimem.
Eu sei muito bem que não devo ter tudo o que peço.

2. Não tenham medo de serem firmes comigo.
Eu prefiro. Isso me faz sentir seguro.

3. Não me deixem formar maus hábitos.
Eu tenho que confiar em vocês para detectá-los desde cedo.

4. Não me façam sentir menor do que sou.
Isso só me faz comportar estupidamente "grande".

5. Não me corrijam na frente das pessoas,
se vocês puderem evitar.
Vou prestar mais atenção se conversarem calmamente
comigo, em particular.

6. Não me façam sentir que os meus erros são "pecados".
Isso perturba o meu senso de valores.

7. Não me protejam das conseqüências.
Algumas vezes preciso aprender o caminho penoso.

8.Não fiquem muito perturbados quando disser: "Eu odeio vocês".
Algumas vezes não é a vocês que odeio,
mas meu poder de contrariar.

9. Não prestem muita atenção às minha pequenas doenças.
Algumas vezes elas conseguem a atenção de que eu preciso.

10. Não ralhem.
Se o fizerem, terei de me proteger,
fingindo-me de surdo.

11. Não se esqueçam de que eu não posso me explicar
tão bem quanto eu gostaria.
É por isso que eu
não sou sempre indeciso.

12. Não despistem quando eu fizer perguntas.
Se isso acontecer,
vocês perceberão que eu vou parar de perguntar
e vou procurar informação em outro lugar.

13. Não sejam inconsistentes.
Isso me confunde completamente
e me faz perder a fé em vocês.

14. Não me digam que meus modos são tolos.
Eles são terrivelmente reais
e vocês podem fazer muito para me
tranqüilizar, se vocês tentarem entender.

15. Nunca sugiram que vocês são perfeitos ou
infalíveis.
Isso me dá um choque enorme
quando descubro que vocês não são.

16. Nunca pensem que seja indigno se desculparem.
Uma desculpa honesta me faz sentir
surpreendemente sensível com vocês.

17. Não esqueçam que eu adoro experimentar.
Eu não poderia passar sem isso.
Assim por favor, tolerem.

18. Não se esqueçam de que eu estou crescendo rápido.
Deve ser muito difícil para vocês me acompanharem,
mas, por favor, tentem.

19. Não se esqueçam de que eu cresço
sem muito amor e compreensão.
Mas eu não preciso dizer, preciso?

20. Por favor, mantenham-se em forma e saudáveis.
Eu preciso de vocês.

(Bicalho Cruz Costa)


Nenhum comentário:

Postar um comentário