terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Alimentação Infantil


Não tenho problemas com a alimentação de meus filhos...
Eles comem de tudo...diferente de muitas crianças na idade deles.
Comem frutas, verduras, legumes, hortaliças, todos os tipos de carnes....tudo.
Fazer as crianças comerem é uma tarefa complicada para alguns pais...mas requer muito mais atenção do que podemos imaginar.É a alimentação na infância que garante a qualidade de vida adulta.
Abaixo, alguma sugestões, que utilizo em casa, desde que as crianças começaram a crescer e comer  " comida de gente grande".

1. A primeira e mais importante dica, na minha opinião é a de que primeiramente, acima de qualquer outra coisa, a hora da refeição tem que ser uma hora de prazer na familia...
Refeições desencontradas, tumultuadas, com discussões, gritarias, pessoas comendo separadas...isso não traz nenhum prazer ao ponto de vista da criança...ela irá observar que a hora de "comer" é uma hora chata, então ela não vai querer participar.

2. Uma das grandes inimigas da paz na hora da refeição se chama televisão.
Muitas familias comem assistindo tv.Isso acaba com o "momento de encontro" familiar.
Na minha casa, a TV fica na sala de TV.Come-se na cozinha ou sala de jantar.Nunca em frente à tv.
Normalmente nossas refeições são demoradas e conversamos muito, sobre o dia a dia, sobre o que fizeram ou não fizeram na escola, sobre o que aconteceu de engraçado ou triste.
É um momento de prazer em minha casa.

3. Outra orientação é de que os pais percam o costume de perguntar "o que " a criança quer come...
Aqui em casa, simplesmentre faço a comida, coloco na mesa e distribuo nos pratos...
As vezes, em meio ao desconhecido, surgiam as perguntas..."Mamãe, o que é isso?"
Então costumamos responder A VERDADE e dizemos "prove", vc vai gostar.
Aqui em casa só pode se dizer que não gosta de algo, depois de ter provado...pois até então, é desconhecido.
Quando costumamos perguntar às crianças o que elas querem...claro que só vão querer o que conhecem.

4. Importante: Pais que não comem bem = filhos que comem pior ainda

5. Incentive a comerem verduras, frutas, legumes, mostrando o que "de bom" fazem ao corpo e á saúde.

6. Nada de inventar nomes para pratos, mentir ou enganar sobre o que tem ou não na refeição.
A criança tem que comer SABENDO o que está comendo e entendendo que faz bem.

7.Deixe seus filhos participarem da preparação dos pratos.
Aqui em casa, cada uma faz\ sua parte...
Um lava as verduras, o outro arruma a mesa, o outro faz o suco, o o outro enfeita os pratos...e assim todos se sentem importantes...
É comum acontecer algo do tipo.."papai, vc viu como a salada está gostosa?Fui eu quem fiz!"..

8.Deixe sempre a aparência dos pratos agradáveis...é muito mais "apetitoso" saborear um prato bonito e colorido.

9. Se seu filho não comeu, não substitua a refeição por outra coisa....tipo biscoito, suco ou leite.
Guarde o prato rejeitado e aguarde até a proxima refeição.Enquanto todos estiverem comendo a proxima refeição, traga de volta à mesa, o prato guardado da refeição anterior...seu filho vai perceber que não tem como fugir...uma hora vai ter que comer.

10.Não encha seu filho de baganas, guloseimas.Se vc não oferecer constantemente, eles nem sentirão falta.na minha casa não comemos frituras, salgadinhos, conservas em excessos...meus filhos acostumaram-se com isso...não pedem para comprar coisas assim qdo saímos...mas é comum demais acontecer de quando vamos ao supermercado, se agarrarem com rúcula, alface, tomate e pedir para colocar no carrinho.


Isso é possivel em qualquer casa, basta que tomemos a consciência e escolhamos entre o que é certo e o que é mais fácil.
Eu escolhi o que é correto, e incentivando e estimulando meus filhos a comerem bem, tudo ficou mais fácil.

Tente vc também!
Aproveite a época em que fazemos planos para o proximo ano...estabeleça horários e disciplinas na hora da refeição...tudo vai ficar mais fácil.



Um comentário:

  1. Concordo plenamente. Criei meus filhos assim tambem. As pessoas as vezes se admiram de saber que uma das comidas favoritas da minha filha e'
    bruselas. Brocollis tambem,e' um dos seus pratos favoritos. Tambem nao disfarco enchendo de queijo ou molhos como algumas pessoas fazem...
    E' claro,tambem respeito seu gosto. Acho que todos nos temos algum prato que nao gostamos. Por exemplo, ela nao gosta de vagem, entao quando faco pro resto da familia, faco tambem e ofereco outro tipo de legume. Mas se comemos fora,como na casa de amigos,nao tem jeito,ela tem que comer nem que seja so' um pouquinho.Porque acho que faz parte da educacao e e' um fato da vida:tem coisas que temos que fazer mesmo que seja contra a nossa vontade.

    ResponderExcluir