segunda-feira, 24 de julho de 2017

Que venha 2017!

Em nossa primeira viragem de ano em Portugal, ficamos na dúvida do que fazer.
Pensamos em sair desde cedo, passear o dia todo e depois voltar pra casa...
Mas aí os meninos queriam ver a queima de fogos que ficaram sabendo que tinha, lá na praça do comércio(também conhecida como terreiro do paço).
Thaisa e Daniel haviam chegado, íamos passar a virada juntos, e os meninos se empolgaram mais ainda com a ideia de irmos ver os fogos.
Então assim fizemos.
Fizemos um jantarzinho em casa, compramos uma torta de abacaxi para  comermos após o jantar.
Saímos as 10 de casa e seguimos ao metro de Arroios.
Chegando lá, vimos a placa na porta: O metro de Arroios estava fechado, e os passageiros deveriam dirigir-se até a estação Alameda ou Saldanha.
Seguimos então para a Alameda, pois seria em frente...caminhamos mais alguns metros, e ao chegar na Alameda, tb fechada!
A essa altura, varias pessoas na rua, junto com a gente, passeando de estação em estação, até achar alguma aberta.
A seguinte era a estação dos Anjos.Essa estava funcionando.
Completamente lotaaaaaaada.Nunca tinha visto tanta gente numa estação até aquele momento.
Esperamos 4 minutos para a chegada do metro.
SEM CONDIÇÃO alguma para entrarmos.As portas nem se abriram, ninguém desceu, nem conseguiu subir!
Olhamos então a hora e achamos melhor irmos a pé(nada muito longe).


Seguimos então a  pé, para baixo chiado.
Assim como nós, quase todos da estação desceram a pé.
Foi bom, pois a rua estava muito movimentada.
Vimos muitas familias, crianças, mães com carrinhos de bebê, idosos de bengala, jovens...muita gente descendo para ver a queima de fogos no Tejo.
Chegamos por fim.
Assim como imaginávamos, muita gente mesmo!
Viramos o ano juntos, num dos locais mais turísticos de Lisboa, na companhia de Thaisa, Daniel, Vera e Carla.



Assistimos aos fogos, ouvimos de longe a banda local cantar, bebemos chamapanhe na boca da garrafa(simm,,,esquecemos os copos), e voltamos para casa.


Que 2017 seja nosso ano!






Nenhum comentário:

Postar um comentário