sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Doçura de presépio...

Como não poderia deixar de ser, o Natal, apesar de todo o seu lado comercial, ainda nos faz lembrar da familia...
Aqui em casa, a época natalina é sempre uma festa, e na realidade o Natal não é uma data...o Natal acaba sendo o momento.
Momento de encontrar coisas novas para preparar...momento de enfeitar a árvore, momento de lembrar natais passados, momento de rir lembrando de "causos", momento de criar enfeites fofos...
Os meninos ficam loucos procurando novidades para fazer neste mês, então a gente sempre navega em buscar de algo que seja legal, simples de fazer, e que possamos fazer juntos.
Hj encontrei uma ideia bem legal para fazer com a criançada...
Um presépio comestível...né legal??
A gente pode adaptar alguma coisa por outra...mas o que vale é a ideia...
Jujubas, biscoitos, marshmallows fazem a decoração natalina infantil...
Montar cada pedacinho do presépio com essas guloseimas, que poderão ser degustadas após a ceia, é muito legal!

Os meninos ficaram encantados e já pensaram em todas as guloseimas que irão colocar...
Faça vc mesmo o seu presépio!


Fica a dica, espero que gostem!
Bjoss

domingo, 27 de novembro de 2011

Me empresta um dinheiro??


Semana passada Vinicius precisou de 2,00 emprestado para completar um valor que ele desejava naquele momento.
Daí pediu a Gui.
Guilherme emprestou...mas...meio sem querer fazer isso...
Ficou pedindo de volta, depois voltava atrás, e mais uma vez emprestava...
Enfim...vendo aquela confusão, eu disse:
__ "Gui, empreste o dinheiro a Vini.que mais tarde eu te dou 10,00."
Ele ficou pensativo...mas mesmo assim fez questão de ter o dinheiro emprestado  de volta.
Então Vini falou:
__ "Gui, mamãe disse para vc emprestar...ela não disse que te daria 10,00??Você prefere os 10,00 ou os 2,00 que vc tinha???"
No que Guilherme prontamente respondeu :
__ "PREFIRO 12,00!!!!!"

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

A lógica infantil...


Ao chegarmos no restaurante, Gui pega o cardápio para escolher o prato...
Olha para cima, para baixo, até que arregala os olhos e acena para Lucas que estava do outro lado da mesa...

_ "Lucaaaaas!Olha Lucas!Vamos pedir wisky.

E fechando o cardápio, com aquele olhar bem convincente falou em bom tom:

_Quero wisky!

Hã??Que foi que vc disse??? _ Perguntei, chocada!

_ Sim, quero Wisky.Aqui no cardápio está dizendo: "Wisky Old Eight 8 anos".

Posso com isso???

terça-feira, 16 de agosto de 2011

Como os animais ajudam as crianças?





Semana passada recebi um email da Flaviane:

"Acompanho o blog e vi que temos uma animação que toda mãe vai adorar!
Os canais do Hospital Albert Einstein tem oferecido a melhor informação sobre saúde e bem-estar nas redes. Em mais essa animação, veja como os animais de estimação ajudam no desenvolvimento psicossocial das crianças e podem significar mais do que um simples amigo para brincadeiras.
Assista ao video e ajude-nos a divulgar"


Flaviane, eu adorei o video, e adorei posta-lo aqui.
Espero que muitas mães assistam, e façam o mesmo.

Beijinss e agradeço pelo email.

sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Mais um na mesa de jantar...

Faz tempo que não escrevo...
Hoje meu blog tem mais um filho...
É nosso cachorro Hachi.Um labrador preto que entrou em nossas vidas meio que "por acaso".
Como diz Guilherme, ele caiu do céu.
Com a presença de Hachi em nossas vidas, tudo mudou.
Hoje não temos mais sandálias, tênis, paredes na nossa garagem...enfim...ele come tudo!
Mesmo diante de tantas "destruições", os meninos estão amando ter um cachorro em casa.
Hachi chegou em junho, com 4 meses.
Os meninos logo o batizaram com esse nome, pois a pouco tempo tinham assistido ao filme  Sempre ao seu lado“,  com Richard Gere que mostra a história de lealdade entre um cão e seu dono, lealdade que transcende até a morte.
Então desde o filme, tinham decidido que assim que tivéssemos um cachorro, ele se chamaria Hachi.
Guilherme então não se cansa de explicar a qualquer pessoa que pergunte "quem colocou esse nome nele?" que Hachi é diminutivo de Hachiko, que significa "amigo para sempre", e enche o peito qdo fala.

Hachi é um filme lindo, sem dúvidas, merece ser assistido.
Abaixo um video com o filme completo para quem deseja assistir.
Nosso Hachi , que é mais para Marley, anda fazendo a alegria das crianças.
São tantos passeios, tantas corridas, tantas lambidas...tantos flashs, tantas pesquisas no Google sobre "como cuidar de um labrador"....
Mas confesso que não é nada fácil cuidar de uma casa com 4 crianças e um cão destruidor.
Já perdemos as contas de qtas sandálias ele já comeu, qtos fios ele já "desencapou", qtas paredes ele já furou...os meninos se divertem em ver que ele come um ossinho daqueles para cachorro em 13 segundos.(marcados no cronômetro).
Hoje ele não saiu para passear, pois comeu a 4ª coleira que compramos.
A noite, ele estava dormindo preso, pois estava comendo o parachoque do nosso carro.
Mas acho que foi a última noite que conseguimos deixa-lo preso...pois ele conseguiu abrir a coleira e se soltar.
Hoje pela manhã desfilava livre, leve e solto pela casa...com aquele olhar de quem diz "ei bobões, aprendi a me soltar"...
Ayudame Dios mio!!




Lucas jogando futebol com o resto da bola(que ele comeu, pra variar!)

Um chamego só esses dois!

Tira o osso dele pra ver!!!

Roubando pela net...

Dia desses estávamos saindo de casa qdo Lucas lembrou que o computador do quarto dele estava ligado.
Daí correu para desligar e foi logo dizendo:


_ Vou desligar o computador pq se entrar um ladrão aqui, não vai acessar a net.
Guilherme que vinha logo atrás, começou a rir escandalosamente..._"Seu tonto!Se o ladrão entrar aqui, ele vai levar o computador, pra que ele iria acessar a net?"
_ Ué, ele poderia querer pesquisar, "como roubar um computador" no Google... - disse Lucas.

Ai ai ai

quarta-feira, 15 de junho de 2011

Livrinho de receitas

Encontrei esse livrinho navegando pela net...
São lanchinhos para fazer com a criançada.
Espero que gostem!
É só clicar para ampliar a imagem.







































Posted by Picasa

terça-feira, 14 de junho de 2011

Pais Maus





“Um dia quando meus filhos forem crescidos o suficiente para entender a lógica que motiva os pais e mães, eu hei de dizer-lhes: 

Eu os amei o suficiente para ter perguntado aonde vão, com quem vão e a que hora regressarão.

Eu os amei o suficiente para não ter ficado em silêncio e fazer com que vocês soubessem que aquele novo amigo não era boa companhia.

Eu os amei o suficiente para os fazer pagar as balas que tiraram dos supermercados ou revistas do jornaleiro, e os fazer dizer ao dono: “Nós pegamos isto ontem e queriamos pagar”.

Eu os amei o suficiente para ter ficado em pé, junto de vocês, duas horas, enquanto limpavam o seu quarto, tarefa que eu teria feito em 15 minutos.

Eu os amei o suficiente para os deixar ver além do amor que eu sentia por vocês, o desapontamento e também as lágrimas dos meus olhos.

Eu os amei o suficiente para os deixar assumir a responsabilidade das suas ações, mesmo quando as penalidades eram tão duras que me partiam o coração.

Mais do que tudo, 
eu os amei o suficiente para dizer-lhes NÃO, 
quando eu sabia que vocês poderiam me odiar por isso ( e em alguns momentos até odiaram).
Essas eram as mais difíceis batalhas de todas. 

Estou contente, venci... Porque no final vocês venceram também! 

E em qualquer dia, quando meus netos forem crescidos o suficiente para entender a lógica que motiva os pais e mães; quando eles lhes perguntarem se sua mãe era má, meus filhos vão lhe dizer:

Sim, nossa mãe era má. Era a mãe mais má do mundo...

As outras crianças comiam doces no café e nós só tínhamos que comer cereais, ovos, torradas.
As outras crianças bebiam refrigerante e comiam batatas fritas e sorvetes no almoço e nós tinhamos que comer arroz, feijão, carne, legumes e frutas. 
Mamãe tinha que saber quem eram nossos amigos e o que nós fazíamos com eles.
Insistia que lhe disséssemos com quem íamos sair, mesmo que demorássemos apenas uma hora ou menos. 
Ela insistia sempre conosco para que lhe disséssemos sempre a verdade e apenas a verdade.
E quando éramos adolescentes, ela conseguia até ler os nossos pensamentos. 
A nossa vida era mesmo chata!
Ela não deixava os nossos amigos tocarem a buzina para que saíssemos; tinham que subir, bater à porta, para ela os conhecer.
Enquanto todos podiam voltar tarde, tarde da noite com 12 anos, tivemos que esperar pelo menos 16 para chegar um pouco mais tarde, e aquela chata levantava para saber se a festa foi boa ( só para ver como estávamos ao voltar).


Por causa de nossa mãe, nós perdemos imensas experiências na adolescência.
Nenhum de nós esteve envolvido com drogas, em roubo, em atos de vandalismo, em violação de propriedade, nem fomos presos por nenhum crime.

FOI TUDO POR CAUSA DELA!

Agora que já somos adultos, honestos e educados, estamos fazendo o melhor para sermos “PAIS MAUS”, COMO MINHA MÃE FOI. Eu acho que este é um dos males do mundo de hoje: NÃO HÁ SUFICIENTES MÃES MÁS"


Maria dura ou maria mole?

Hj estávamos fazendo Maria Mole...
Lucas chega, e pergunta se já está pronto...

__"Não Luquito, ainda tem que endurecer para poder comer..."_ digo.
__"Não entendo, mamãe...por que o nome é Maria Mole se tem que ficar dura?"_ diz, com toda a lógica do mundo!
Agora alguém pode me explicar?
Por que Maria Mole se a bicha tem que fica dura??

kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

domingo, 22 de maio de 2011

Repelente caseiro

Achei na net e já fiz!!
Muito eficaz!
E como usamos óleo para crianças, não tem problema algum passar no corpinho deles!
Espero que gostem!

Preto e branco!!



Os meninos sempre estão pedindo para pegarmos as fotos antigas para eles olharem...
"Mamãe, pega os albuns de quando vc era pequena, a gente quer ver!"
Daí hj resolvemos fazer isso.
Após o almoço, chamo os meninos e digo:

_ Bora lá, gente!Vamos pegar as fotos de quando mamãe e papai eram pequenos!!
No que Guilherme foi logo complementando ...
_ É tudo foto preto e branca, né mamãe?

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Ai ai ai
Tô véiaaaaaaaaaaa!!!

sexta-feira, 20 de maio de 2011

10 valores para ensinar aos filhos...



Com suas lições, seu filho será um adulto maduro, feliz e responsável. Confira os valores que você precisa ensiná-lo:


1. Amor-próprio

O que? Autoestima, confiança na própria capacidade, coragem pra enfrentar qualquer obstáculo.
Como incentivar: quando ele fizer uma crítica, condene só o comportamento, não a própria criança!
2. Comunicação
O que é? Saber expressar suas ideias de forma clara e sempre na hora certa.
Como incentivar: conversem sobre assuntos variados, incluindo os polêmicos.
3. Autocontrole
O que é? Respeitar os próprios limites, traçar metas e eleger prioridades.
Como incentivar: estabeleça uma rotina que ajude a conciliar o lazer e a lição de casa.
4. Convivência
O que é? Aceitar pessoas de estilos, valores e crenças diferentes.
Como incentivar: mostre como respeito, educação e bom humor facilitam a vida.
5. Criatividade
O que é? Usar a imaginação para descobrir saídas variadas para um mesmo problema.
Como incentivar: programe idas ao cinema, teatro, exposições e espetáculos.
6. Escolha
O que é? Decidir para qual lado seguir, diante de um problema, analisando os prós e os contras.
Como incentivar: convide seu filho para participar das decisões em família e valorize sua opinião.
7. Iniciativa
O que é? Apresentar soluções surpreendentes para problemas, de livre e espontânea vontade.
Como incentivar: resista com unhas e dentes à tentação de resolver tudo no lugar do pequeno.
8. Honestidade
O que é? Ser verdadeiro, não fazer fofoca e fugir do "jeitinho brasileiro".
Como incentivar: diga a ele que a melhor resposta para tudo é sempre a verdade.
9. Jogo de cintura
O que é? Ter uma grande capacidade de adaptação para lidar com mudanças.
Como incentivar: dê o exemplo, não seja tão rígida em seus pontos de vista e atitudes.
10. Maturidade
O que é? Mesclar uma boa dose de disciplina com um caminhão de responsabilidades.
Como incentivar: peça ajuda nas tarefas domésticas e ensine a diferença entre "querer" e "precisar".

Fonte: M de mulher


terça-feira, 3 de maio de 2011

Fabriquinha de Ovos

A nossa Páscoa esse ano foi bem tranquila.
Os meninos resolveram que iam "fabricar" os ovos de páscoa.
Então me deram a relação do material dos recheios.
Júlia, como sempre organizadora dos eventos, reuniu os irmãos e decidiram juntos os "sabores".
Lá fui eu para o supermercado com a lista de compras de meus filhos na mão.
Recheios de coco, brigadeiro e maracujá, e ainda os enfeitinhos...o preferido foi aquele power ball.

Na tarde escolhida, lá foram eles para a cozinha fabricar suas delicias!!







Agora adivinhem quem limpou a sujeirada depois????

segunda-feira, 4 de abril de 2011

Sítio

Semana passada fomos visitar uns amigos no sítio, para fugir um pouco da rotina da cidade.
A aventura já começa na estrada, muitas coisas a ver...
Bichos, plantas, lugares...pessoas nas calçadas...tudo é diferente e faz parte da diversão.

Chegando no sitio os meninos enlouquecem!!
Tomam conta da máquina fotográfica e saem registrando tudo o que querem e tem vontade...

A seguir, registros do nosso passeio.

Uma aventura no sítio!

No nosso passeio ao sitio, podemos observar alguns bichos engraçados...

O bicho pau


Um camaleão

Olha só quem pegou o camaleão e queria trazer para casa!!!

Olha outro bicho Pau agarrado aos braços do papai!

Júlia saboreando acerola madurinha, diretamente do pé

Ninguém resiste a uma frutinha, né gente?

Mãoszinhas fazendo a colheita das acerolas...

Olha qta colhemos!!

Tinha galinhas tb!Não podiam ficar de fora!

Acharam até uma casa de maribondo!!!

Uma delícia de passeio...
Com certeza, voltaremos em breve!

Beijos com gostinho de acerola!!